Wireless Place

Wireless Place

Um exemplo de novos significados dos lugares com o uso das tecnologias mveis e redes sem fio a possibilidade de acesso internet a partir dos lugares pblicos. Venho sempre ao parque La Fontaine, no Plateau, em Montreal. Ando de bike e leio. Quanto preciso me conectar tenho que sair do parque e ir a algum caf. Hoje achei um ponto de conexo wi-fi aberto (h vrios fechados) e estou fazendo esse blog e publicando essa foto daqui (tirei a foto agora com o computador). De todos os lugares do parque, esse passa a ter um novo sentido e voltarei aqui mais vezes (com certeza h outros que descobrirei depois). O parque um lugar pblico: pessoas passeando com filhos e cachoros, gente de patins e bike, gente ouvindo msica, tomando sol ou lendo. Um territrio com suas leis, regulamentos e memria. Mas uma outra dimenso junta-se a essa: a informacional – o que venho chamando de “territrio informacional”. E a seguran?a do lugar me permite usar um laptop sem a menor preocupao. Ou seja, o lugar uma somatria de diversos territrios e suas funes.

Agora esse lugar tem uma nova funo, uma heterotopia de conexo, adicionando mobilidade fsica, outra, informacional (posso navega a vontade, blogar, micro-blogar…). Esse lugar agora tem um outro significado pra mim e posso sempre voltar aqui para curtir o parque e, quando no estou lendo, ouvindo msica ou vendo as pessoas passearem, me conectar internet. As redes sem fio e tecnologias mveis de acesso permitem assim, criar novas fun?es nos lugares, adicionar elementos memria do lugar e produzir novos significados. No um “no-lugar”, no um “lugar sem sentido”. o mesmo Parc La ontaine, mudando.

2 Replies to “Wireless Place”

Os comentários estão fechados.