La niebla en las palmeras

La Niebla en las Palmeras

No sei se o fuso horrio ou algum jogo do acaso, mas quase no dormi essa noite, acordando as 4 da manh…tentei voltar a dormir, sem sucesso. Desisti e liguei a TV para ver se o sono me pegava mas, ao contrrio, fui pego pelo documentrio/fico “La niebla en las palmeras” (2005) que passava no Canal+…


Um belssimo filme, entre fico e realidade, colocando em relao a potncia da cincia, atravs da fsica quntica, da guerra, com o projeto Manhattan, da memria e do desaparecimento, atravs da fotografia, dos registros pessoais, da luz. O filme ganhou a segunda edio do DIBA (Festival Digital De Barcelona) como melhor longametragem e como melhor direo.

H imagens da ustria, Frana, Cuba, EUA e Alemanha. O filme vai intercalando fotos de 1900 com imagens caseiras dos anos 20 e filmes da segunda guerra mundial criando uma atmosfera entre fico cientfica, documentrio e poesia. H uma narradora (acho que a filha do fotgrafo Santiago Bergson, que colaborou com projeto Manhattan) que vai narrando sua perda de memria, seu desaparecimento junto com o das imagens, no que ela chama de “luz devoradora de tempo. (…) No h mais foto, mais memria, s luz”. O filme vai mostrando pelculas que vo se deteriorando com o tempo onde s se v a luz do projetor. Ela diz mais adiante: “el futuro esta demasiado lejo…no me interessa ms!”.


Algo meio onrico, fragmentado, com imagens e sons que iam brincando com o meu estado, ao mesmo tempo em viglia e sonho. Em alguma momento a narradora diz: “para que servem as imagens se no para salvar o homem…”. Fiquei achando que acordara para ver esse filme, mesmo sem saber, que ele me salvaria dessa noite mal dormida e que me daria coisas para pensar, coisas sobre minhas fotos antigas, minha memria, meus registros…Neblinas! O que aconteceu efetivamente, “revi” fotos antigas que no me lembrava mais, e que nem sei onde esto. O amarelado do desgaste do tempo daquelas imagens ativou o amarelado dos registros da minha memria (minha infncia, minha famlia, minha cidade de nascena…). Comeei a enxergar palmeiras atravs da neblina do tempo.

Trechos do site:

“La Niebla en las Palmeras es probablemente la primera pelcula cuntica de la historia del cine: un documental experimental que tiene como elementos la memoria, la historia, la ciencia y las imgenes. La Niebla en las Palmeras es una pelcula histrica/ cientfica/ ficticia. Tres conceptos que estn presentes a lo largo de toda la obra, unidos como los quarks, partculas elementales que no pueden ser separadas. Por este motivo La Niebla en las Palmeras es una pelcula fundacional, un ensayo flmico de rigurosa ciencia-ficcin, una pelcula sobre la historia de la ciencia, sobre la Historia como Ficcin, una pelcula que investiga la utilidad y la manipulacin de las imgenes y, por lo tanto, la utilidad y la manipulacin de la Historia.(…)



Adems de una investigacin arriesgada, cuidadosamente manipulada, resultado de dos aos de montaje de imgenes, la pelcula est plagada de emocin porque La Niebla en las Palmeras es tambin una historia de amor, una historia sobre las fotografas como sustitutas de los recuerdos y sobre los recuerdos como sustitutos del amor, un relato sobre la guerra como destructora de los recuerdos y sobre la ciencia como un arma de doble filo, siempre peligrosa y a menudo utilizada de modo destructivo.(…)”

E acabou…

Quando acabou, mudei de canal e passava “Walking Life” (2001), filme tambm forte em imagens, embora em outro registro, e sobre sonos, sonhos, viglia, e a indiferna entre eles…Fiquei assustado. Aquilo era um pouco demais para as 5 horas da manh.

Desliguei a TV e fui para a rua para saber se estava mesmo acordado.

One Reply to “La niebla en las palmeras”

  1. Ol Andr!
    Sou Carla, moro no Brasil e estudo ps graduao em fotografia.
    Li seu post sobre o filme "La niebla en las Palmeras" e fiquei bastante entusiasmada por assist-lo uma vez que meu trabalho de concluso de curso envolve exatamente um dilogo na questo da imagem e memria. Enviei um e-mail ao diretor do filme mas ainda no tive resposta.
    Agradeceria muito se voc tiver dicas sobre como posso encontr-lo. Mando notcias.
    Muito obrigada!
    Carla CAMP
    E-mail: camp.fotografia@yahoo.com.br
    Site:
    http://www.flickr.com/photos/carlacamp

Os comentários estão fechados.