TheFunTheory

TheFunTheory

Discutamos ontem do GPC como os sons podem criar sentido de lugar. A discusso era sobre os dispositivos mveis tipo celulares e mp3. Bull j havia mostrado como, desde o walkman, esses dispositivos criam uma verdadeira trilha sonora para o mundo. Mais ainda pouco explorado como esses dispositivos podem criar sentimentos de pertencimento a um lugar, vivncias especficas no lugar em meio a mobilidade e a um suposto isolamento. Para alm da fora “isolante” dos mp3 players (que supervalorizada e que deve ser pensada em termos de momentos – ningum se torna um ser anti-social por usar dispositivos portties de msica, mas posso me isolar agora e no depois, etc.), devemos pensar em suas capacidades sociais (trocas de informaes, compartilhamento de fones de ouvido, dicas de sites para baixar msica), mas tambm em sua dimenso locativa, como marca de um lugar, como indexador que produz sentido espacial, mesmo em mobilidade – um som me lembra um lugar, estar em um lugar me lembra determinada msica, um som em um lugar desperta determinadas emoes, etc…

Vejam como exemplo dessa dimenso locativa sonora essa “escada-piano” na Sucia para estimular as pessoas a se movimentarem. Segundo informaes, o uso da escada aumentou em 66%. Dica do Macello Medeiros, que agradeo.

Vejam sobre a discusso de mp3 e lugar o post de fevereiro de 2008, e o outro de abril com uma citao do Bull. Vejam tambm outros post no Carnet aqui, aqui e aqui.

H vrios projetos que tambm exploram essa dimenso sonora dos lugares com mapeamento mostrando uma outra dimenso locativa dos sons, como por exemplo os projetos Buenos Aires Sonora, Montreal Sound Map, Som Ambiente, de Belo Horizonte, entre outros.

One Reply to “TheFunTheory”

  1. Andr, mas a fico na dvida: os sons ajudam mesmo a criar lugares (sentido de pertencimento), ou a apropriao que as pessoas fazem de sons localizados, especficos que cria este vnculo, e portanto o lugar? Afinal, no so todos os nossos sentidos, relacionados a certas configuraes territoriais e dinmicas espaciais que contribuem de forma determinante na definio dos lugares? Sendo assim, no seria qualquer relao corporal e/ou sensorial que temos com o espao uma potencial criadora do sentido de lugar?

Os comentários estão fechados.