Boina

20130811-110857.jpg

A lembrana persiste na sua boina pendurada na arara junto com a minha capa de chuva que comprei para assistir o show do Radiohead em Montreal em 2008. Dormi hoje olhando para a composio (capa e boina na arara) e o que via era uma misto de voc e eu. E eu estou a cada dia mais parecido com voc. A boina veio tambm do Canad, mas esta fora comprada na glida Edmonton, como um presente de Natal. a segunda boina que te ofereo de outras terras. Voc adorava boinas e bons. Eu gosto tambm, mas quando coloco me sinto to parecido com voc que evito, para no evocar a sua presensa a cada vez que passo por um espelho. A mais antiga veio de Londres, mas comprada em Paris, com memrias do Pre-Lachaise. Boinas simples de terras distantes que no conhecestes, mas que guardava uma admirao idlica.

Nesse dia, como o de hoje, sempre almovamos juntos, voc com uma das boinas, sentando comendo petiscos, bebendo um vinho barato ou tomando cerveja e olhando o mar da Vitria na varanda, deixando se perder a vista entre o cu e o mar at a colina do Bonfim. Ouvamos todo tipo de msica, algumas que eu detestava e no sabia explicar como um trompetista poderia gostar daquilo. Mas, voc, sbio, me dizia que gostava de msica, e pronto. Alegre, danava sozinho, feliz com a famlia reunida, contava piadas, brincava com os filhos, os genros e nora e com os netos.

Hoje, o sentimento de uma imensa saudade e a sensao de falta, sempre ela, de no ter aproveitado tudo que podia. Espero que possa viver com os meus filhos o que voc viveu com os seus.

Saudades, obrigado, chefe!

20130811-110917.jpg