140letras

140letras

“Sonhava, caiu (bababadalgharaghtakamminarronnkonnbronntonnerronntuonnthunntrovarrhounawnskawntoohoohoordenenthurnuk) e no finn acordou.”

Algumas pessoas me perguntam sobre o meu microconto e o uso da enorme onomatopia da queda (com exatas 100 letras). Explico rapidamente. A onomatopia uma citao do Finnegans Wake (verso inglesa) de James Joyce onde ele escreve “Fall (bababadalgharaghtakamminarronnkonnbronntonnerronntuonnthunntrovarrhounawnskawntoohoohoordenenthurnuk).”

Nesse microconto, em extrema ousadia e sem a menor pretenso de conseguir xito, tento resumir, em 140 letras, a monumental obra de Joyce. O livro como um sonho em diversas lnguas, quase ilegvel, uma aporia. Nessa narrativa labirntica, a obra mostra (?) o “despertar” de Finnegan. Da o jogo com “sonho”, “cair”, “acordar” e “finn”: inicio, meio e fim da obra.

Para quem quiser se aventurar na leitura, h uma excelente traduo (se que isso possvel) no Brasil do Donaldo Schler, em vrios volumes, pela Ateli Editorial de Porto Alegre.