Smart Cities

Artigo recém-publicado na Revista P2P & Inovação do IBICT:

Lemos, A. Smart Cities, internet of things and performative sensibility. Brief analysis on Glasgow, Curitiba and Bristol’s Initiatives. In P2P & INOVAÇÃO, Rio de Janeiro, v. 3 n. 2, p.80-95, Mar./ Set. 2017. e-ISSN – e-ISSN 2358-7814, DOI – http://dx.doi.org/10.21721/p2p.2017v3n2.p80-95

Na apresentação do editor, Clovis Ricardo Montenegro de Lima:

“Lemos destaca uma nova característica dos objetos: sua sensibilidade performativa. A partir de três iniciativas de cidades inteligentes (Glasgow, Curitiba e Bristol) propõe quadro teórico preliminar para analisar a participação pública e a invisibilidade do objeto nessas cidades.

Lemos faz uma opção por dar ênfase na Internet das Coisas e na mudança na natureza dos objetos. Ele faz uma relevante observação sobre o fato de que objetos informacionais realçados não estão claramente em situações de manuseio. Esta invisibilidade está no núcleo da “governantabilidade algorítmica”. Esta é uma questão importante para a discussão de tecnocracia contemporânea, que se atualiza e potencializa com as tecnologias digitais conectadas.”

Leave a Reply