Para que Cibercrimes?

Para que cibercrimes?

Mais uma contribuio no Blog do Sergio Amadeu, agora com um texto de Jomar Silva, Coordenador da ODF Alliance e especialista em segurana da informao. Vejam a comparao que ele faz se fosse adotar o projeto no na internet mas “na vida real”. Bem ilustrativo e esclarecedor. Replico aqui os trechos principais e seria bom que todos espalhassem para suas redes/blogs/microblogs…

“(…) Se o projeto em discusso fosse apresentado para resolver o problema da criminalidade ‘no mundo real’, olha s o que ele iria propor (vou pegar apenas uma das propostas, ok ?):

‘Todo comrcio ou empresa (pessoa jurdica), prestadora de servios de acesso (ex. transporte pblico) ou contedo (bens e servios em geral) dever manter durante trs anos um histrico de todas as pessoas que utilizaram seus servios, registrando seu RG, filiao e outros dados que permitam identificar os cidados.’

Na prtica isso significa o seguinte:

Voc sair de casa pela manh para trabalhar e o porteiro do seu prdio vai ter que anotar seus dados e registrar sua sada. Quando voc entrar no bar para comer um ‘po na chapa com pingado’, o seu Manoel da padaria vai ter que anotar seus dados tambm. Saindo da padaria, pegando um txi (ou nibus, trem, metro ou qualquer outro meio de transporte), o responsvel por ele tambm vai anotar seus dados. Chegando no prdio onde trabalha, a portaria vai tambm registrar sua entrada, tal como a recepo da sua empresa.

E assim vai sendo o seu dia, com algum anotando passo a passo tudo o que voc fez, gerando uma infinidade de registros que permitiro acompanhar todos os seus passos, todos os dias da sua vida (e claro, armazenando tudo isso durante trs anos, para evitar uma multa mais do que salgada). Quando um crime qualquer for cometido, a polcia poder requisitar todos estes registros e com base neles, encontrar o criminoso… ser que vai funcionar mesmo ?

Ser que o ‘criminoso’, sabendo que todos os seus passos sero anotados, vai utilizar o seus documentos verdadeiros no dia a dia ? Ser que os transtornos que uma medida dessa iro causar, vo trazer com certeza algum ganho ? Ser que uma sociedade que vive assim pode ser chamada de sociedade democrtica ?

Ainda com este caso hipottico em mente, como ficar a situao de um pequeno comerciante que no tiver recursos para capturar e manter estas informaes durante os trs anos que a lei determina ? Como ficar por exemplo, o controle de acesso a uma feira livre ? Fiz esta analogia, pois a lei em discusso pretende fazer isso no acesso Internet e sendo assim, vai inviabilizar totalmente a utilizao de toda e qualquer rede aberta, pois a implementao e manuteno de um controle como este vai custar caro e analisando o custo de manter este sistema (e o risco inerente de ainda assim ser multado), no tenho dvida que o mais fcil (e barato) a se fazer ser desligar os transmissores e fechar as redes abertas.

claro que as operadoras de telecom vo adorar ver apenas as terrveis e instveis conexes 3G como nica forma de acesso sem fio ‘dentro da lei’. Idem para os escassos provedores de Wifi, que tal como as operadoras, cobram preos absurdos pelos servios. Alis, o custo destes acessos dever ficar ainda mais elevado, uma vez que as exigncias legais para a prestao do servio agora sero mais pesadas. Pior que tudo isso, ver que as regras em discusso atualmente, estrangulam no bero uma das tecnologias mais promissoras que foi criada nos ltimos anos, as redes Mesh.(…)”.