Internet in Everything

Internet in Everything

No mais o upload para o ciberespao, como a matrix l em cima (alis nunca foi), mas o download da informao e a conexo em tudo do mundo aqui em baixo. Russel chama essa fase a da “internet pingando nas coisas”, outros de “internet das coisas“, Alex Soojung-Kim Pang de “the end of cyberespace“, eu tenho usado a imagem do “download” do ciberespao ou dos territrios informacionais para enfatizar os lugares e no a irrealidade do virtual…Enfim, em comum aqui a idia de que talvez tenhamos mesmo que remover a palavra ciberespao (aquele mundo de informao desmaterializado) do nosso dicionrio e constatar a importncia dos processos informacionais colados a pessoas, objetos e lugares com a internet em tudo e em todos os lugares.

Vejam o que diz Clay Shirky, autor de Here Comes Everybody no The Guardian:

“I removed ‘cyberspace’ from my vernacular. The idea, which I grew up with, of going into a place separate from the real world, is something my students just don’t recognise.”

“The internet brings to everywhere some of the conundrums of dense city living.”