Homem Visivel

Uma vez me perguntaram porque eu uso o plazes, que mapeia o lugar onde me encontro conectado no momento, ou o twitter para dizer o que estou fazendo em um determinado instante. Respondi, meio de brincadeira, que assim eu criava meus prprios libis e exercia uma contra-vigilncia sobre os meus movimentos…

Recente matria da revista Wired mostra que o artista Hasan Elahi , vigiado pelo FBI por suspeita de terrorismo em 2002, decidiu transformar-se em um homem visvel. A partir de pockets PC, celulares e GPS, ele documenta cada passo da sua vida, em tempo real, e publica no seu site, o trackingtransience.net. Assim ele mesmo tem o domnio sobre o que dizem dos seus movimentos, criando com as ferramentas disponveis hoje, formas de contra-vigilncia. Paradoxalmente ele exerce livremente uma auto-vigilncia (???!!!!!), transformado esse estado, ironicamente, em arte.

Isso me lembrou o sistema de vigilncia de e-mails do FBI, Carnivore, um programa que monitora e-mails a partir de palavras chaves suspeitas. Logo alguns hackers distribuiram “boxes” contendo vrias palavras suspeitas para que todas as pessoas colocassem essas caixinhas em suas mensagens. Dessa forma, todos seriam auto-expostos como possveis suspeitos. Por excesso o sistema perderia eficincia. O programa foi abandonado em 2005 por outros softwares comerciais.

O exemplo do artista e professor Hasan Elahi coloca em tenso as possibilidades abertas hoje com os dispositivos mveis digitais para controle, vigilncia e monitoramento. Essas possibilidades so cada vez mais difusas e complexas. Mas, ao mesmo tempo, cria-se tambm prticas de contra-vigilncia, controle e monitoramento pela hiper e auto exposio. A mesma arma utlizada para funes opostas. Entretanto, por um lado ou outro, amplia-se a sociedade do controle.

One Reply to “Homem Visivel”

Os comentários estão fechados.