Copacabana Wi-Fi

Copacabana Wi-Fi

Matria do portal GI informa que a praia de Copacabana ter internet sem fio e de graa em 6 meses. Cariocas e turistas podero acessar a rede das areias de uma das praias mais bonitas do mundo…Mas como todo territrio informacional um hbrido de ciberespao e lugar, como os usurios faro para driblar a insegurana da praia? O paraso do ciberespao e da conexo gratuita e sem fio ficaro merc das caractersticas intrnsecas do lugar. A no ser que a nova dinmica venha a modificar o lugar, o que duvido muito. A matria informa que esto at prevendo aumentar a segurana com cmeras de vigilncia sem fio…Piada! Um misto de iluso, ingenuidade e determinismo tecnolgico. Apesar disso acho que a experincia deve ser muito interessante. suivre! A notcia me chegou via post da lista de discusso do grupo Cibercidade (obrigado Adelino!)

Vejam trechos da matria:

“Moradores, comerciantes e turistas podero, inclusive, abrir seus notebooks e acessar o sistema direto da areia da praia, mas no antes desse tempo. Lanado nesta quinta-feira (3), o projeto que vai democratizar o acesso rede mundial de computadores funcionar na principal avenida do bairro: a Atlntica. Com 4 km de extenso, a via ter cerca de 15 pontos de acesso com distncia de 300 metros entre cada um.

‘A pessoa ter acesso internet a custo zero nesse carto postal do Brasil que Copacabana’, defendeu o governador do Rio, Srgio Cabral, para, em seguida explicar que o sistema s vai funcionar no final do primeiro semestre de 2008. ‘De maio a junho vamos inaugurar a iluminao tecnolgica de Copacabana’, ressaltou.

(…)

Depois de Copacabana, onde o projeto custar cerca de R$ 1 milho, a vez da Baixada Fluminense ser contemplada com a banda larga de graa. Nesse caso, sero desembolsados mais R$ 4 milhes para atender populao.

(…)

A dvida que fica a seguinte: quem vai garantir a segurana dos usurios que levarem seus laptops para a rua? Segundo Cabral, o governo do estado est trabalhando para isso. ‘Comerciantes, bares, quiosques, hotis e os prprios policiais que ficam nas cabines da orla podero se beneficiar do servio.’

A Coppe acredita que o servio ajudar a monitorar a orla, alvo de constantes assaltos. ‘Poderemos ter at cmeras de segurana sem fio em diversos pontos da Atlntica’, falou Luiz Felipe de Moraes. (…)”