Cartography

Cartography

Visitei hoje a impressionante nova Bibliothque et Archives nationales du Qubec. Um prdio com diversos servios e setores (terei que voltar mais vezes – vejam o link). Aproveitei e visitei a exposio “Ils ont Cartographi l’Amrique”, mostrando a importncia dos mapas e dos instrumentos de localizao para a conquista da Amrica e a constituio da Nova Frana, o Qubec.

Os mapas eram, ao mesmo tempo, instrumentos de navegao e tambm um dos objetivo das expedies – produzir conhecimento “locativo”, documentar tudo em imagens para aumentar as formas de conquita, de controle e a expanso dos territrios. A exposio mostra diversos documentos com nfase, claro, na histria do Qubec. No me foi permitido fotografar.


Balestilhas

Muito legal poder ver mais uma vez instrumentos ancestrais do GPS, como bssolas; balestilhas (arboltes) – que calculavam a latitude medindo o ngulo entre o horizonte e o sol ao meio-dia; astrolbios – direo e latitude; tbuas de loch – velocidade e direo; nocturlbio – hora aproximada pela posio das estrelas, entre outros.


Nocturlbio do sculo XVI

O embate entre natureza, dispositivo tcnico e conhecimento humano me parece ser o grande diferencial em relao aos modernos GPS, onde a nica coisa que precisamos fazer e apertar o “power” e seguir setas ou vozes em simulao (agora at em 3D do lugar onde estamos). No h mais embate com o mundo externo, que se transforma em simulao perfeitamente compreensvel e controlvel. No h mais natureza, s simulao. Pode ser mais efetivo, mas certamente, menos interessante.


Astrolbios

Fiquei pensando tambm em como esses instrumentos de localizao tinham uma funo miditica, j que permitinham, pela expanso do conhecimento do espao, pelas tenses entre fronteiras, pela permeabilidade entre membranas culturais, tenses civilizatrias entre os imprios da poca, competio, contato e troca, mesmo sob o signo da violncia na maioria das vezes. Eram instrumentos de localizao, mas tambm de comunicao: verdadeiros hubs imagticos que colocavam povos e civilizaes em choque e transformavam, a cada viagem, o mundo conhecido da poca. Excitao essa que nos hoje impossvel: encontrar terras, povos e culturas vivas desconhecidas…Algo que s se podemos sentir, mas de muito longe, na arqueologia contempornea. Tempo de domnio total. Muito sem graa!