Biblioteca Nacional

H vrios lugares imperdveis em Viena (vejam mais fotos no meu Flickr) e dois dias no d para muito. Ontem fui na Universidade de Viena, um colosso de 600 anos e depois fui beber vinho com um amigo em um tpico “Heuriger”, lugar de vinhos novos, na maioria brancos, feitos no prprio local. Como fora do eixo turstico (mas h muitos Heuriger tursticos!) foi um contato direto com vienenses.

Mas um dos lugares que mais gostei foi o State Hall da Biblioteca Nacional, o Punksaal. Aqui tem mais de 200.000 obras desde o sculo XV, pergaminhos romanos e outras raridades como objetos, livros com capas de couro, madeira e metal; uma verdadeira orgia multimdia. E tudo isso em uma sala maravilhosa com um teto ostentanto uma belssimo afresco barroco. Com certeza uma das mais bonitas bibliotecas histricas do mundo. O Hall foi construido entre 1723 e 1726 e tem 77 metros de comprimento e quase 20 de altura. Alm das obras h esttuas e 4 magnficos globos construdos entre 1650 e 1718 com detalhes impressionantes.

Abaixo algumas fotos…



Para pensar territrios informacionais: Vejam duas fotos que fiz dos interessantes mapas de estradas, a “tabula peutingeriana”, da poca da Roma Antiga. Trata-se de 11 pedaos de papirus do sculo V mostrando o sistema postal do imprio romano. Aparecem nos mapas a Servia, a Albania, a Grcia, o Sul da Itlia, em um, e a ustria, a Hungria, a Crocia e a Tunsia, em outro. So vrias linhas vermelhas interligando os entrepostos postais. O mapa tem uma orientao Leste-Oeste e o mar aparece sem muita importncia. Vemos J naquele tempo uma preocupao em traar mapas de “territrios informacionais”, ou seja, o fluxo de corpos e matria por estradas e o fluxo de bens simblicos e de materias pelos correios…

Vejam:


2 Replies to “Biblioteca Nacional”

  1. Maravilhosa a biblioteca, de enlouquecer! Minha maior dor no saber linguas mortas para poder examinar pergaminhos e papiros e entender alguma coisa. Meu esprito arquelogo, no sei o que fao na cibercultura. :)

    BTW, como conseguiste tirar foto dos pergaminhos? Quando tentei, em Londres, no Louvre e mesmo no do Vaticano, sempre me correram quase a pancada. Talvez em Viena eles entendam que sem flash no estraga o pergaminho… :P

  2. que loucura. certamente foi para minha lista de "lugares para onde vou antes de morrer", embora tenha certeza que os profundos problemas que terei em relaao a minha paixo por bibliotecas e o desejo desde criana de morar escondida numa delas, possa ser um grande problema :)

    ps: como bom encontrar no ciberespao um daqueles em que nos apoiamos para escrever uma monografia que insite em confundir a cabea ;)

Os comentários estão fechados.