“Ciborgues” com prteses que funcionam pelo pensamento (conexo direta ao crebro). O fato no novo, mas a experincia parece marcar uma nova fase do processo: melhor qualidade (em relao s prteses normais), bom funcionamento e reabilitao de funes. Como diz o cientista que criou os braos binicos, Todd Kuiken, “no to delicado quanto um brao normal, mas funciona muito melhor que uma prtese normal”.

Vejam
Novo brao artificial obedece diretamente ao crebro


Jesse Sullivan cumprimenta Claudia Mitchell, em entrevista ao lado do cientista que criou os braos binicos, Todd Kuiken

DAYTON, EUA – Jesse Sullivan tem dois braos artificiais, mas capaz de subir uma escada e pintar a casa. Ele tambm um hbil jardineiro, e j dominou uma tarefa muito mais delicada: abraar os netos. Os movimentos so suaves e coordenados porque seu brao esquerdo um dispositivo binico, controlado pelo crebro: Sullivan pensa, “feche a mo”, e sinais eltricos, transmitidos por nervos desviados cirurgicamente, obedecem.

Mdicos descrevem Sullivan como o primeiro paciente amputado a contar com um brao artificial controlado pelo pensamento. Nesta quinta-feira, em Washington, ele se reuniu com Claudia Mitchell, a primeira mulher binica – que conta com um brao artificial tambm controlado por pensamentos.

Os braos de Sullivan e Mitchell so parte de uma iniciativa do governo americano para refinar membros artificiais que conectam a mente ao corpo. Os Institutos Nacionais de Sade (NIH) financiaram a pesquisa, qual se uniu, recentemente, o servio de pesquisa e desenvolvimento das Foras Armadas, o Darpa.