…v a noite ao abrir os olhos nas luzes do banheiro…artifcio que no engana e nem faz mudar nada da realidade. Pela janela acorda com estrelas sonhando com um po de acar tendo a lua a sua esquerda como um boto brilhante…no movimento do txi tudo se move entre rvores que impedem a viso do horizonte, tudo turvo pelas lgrimas de chuvas escorrendo pelo vidro…ida e vindas buscando vdeos e celulares em elos que nunca se desmancharo…e, todo dia, o hbito continua a insistir em procurar coisas que no aparecem mais…mas que tambm nunca desaparecero.