E hoje esse Carnet faz 5 anos de existncia…

um trabalho constante e um prazer manter esse Carnet, ao mesmo tempo como um blog e como um stio onde torno disponvel um pouco do meu trabalho. O formato blog me permite maior liberdade de escrita, atualizao constante e emisso aberta. O stio um locus de armazenamento. O exerccio de atualizao um exerccio constante. Depois de um tempo, o blog passa a fazer parte das tarefas do dia a dia…algo at um pouco viciante…e o bom escrever sabendo que podemos ou NO ser lidos…Aqui um lugar de emisso e um pouco a minha casa eletrnica.

Com diz Schopenhauer em “Sobre o Ofcio do Escritor” existem dois tipos de escritor: “os que escrevem por amor do assunto e os que escrevem por escrever”. Para o filsofo estes escrevem por escrever (pelo dinheiro), aqueles, por terem algo a dizer. No caso aqui, a escrita situa-se nos dois sentidos: escrevemos (os blogueiros em geral) pelo prazer de escrever (na maioria das vezes sem ganhar nada, e sem ter um leitor massificado garantido) e tambm por acharmos (embora no haja nenhuma garantia disso) que temos algo a dizer.

Os blogs tornaram-se um fenmeno social planetrio nesses ltimos 5 anos. Surgiram blogs de todos os tipos: jornalsticos, polticos, artsticos, pessoais…em udio, foto ou vdeo…coletivos, individuais, institucionais, acadmicos…o fenmeno ainda est em expanso. Quando comecei a escrever esse Carnet, muitos me disseram que isso no passava de uma moda, que eu nunca conseguiria mant-lo atualizado e que, rapidamente, essa nova ferramenta de publicao seria substituda por um outro “brinquedinho”. Erraram feio! Hoje temos a criao de um blog a cada segundo…um crescimento gigantesco e exponencial…

Espero, para os meus poucos leitores, e para o meu prprio prazer, continuar aqui por mais 5 anos no mnimo.

Vejam a foto dos primeiros post no dia 01/03/2001…uma citao do Paul Auster para comear e dar sorte…