Censura e controle de contedo so constantes na cibercultura. Universidades, escolas, empresas, bibliotecas… usam esse procedimento quotidianamente atravs de filtros de bloqueio a sites e spams…. Esse filme no pra de passar. Vejam a investida, em forma de lei, da Cmara de vereadores de So Paulo:

Folha Online – Pensata – Hlio Schwartsman – Computadores censurados – 22/12/2005

A Cmara de vereadores de So Paulo aprovou –e o prefeito Jos Serra sancionou– uma lei que d ao Executivo paulistano poderes absolutos para censurar os computadores da rede municipal conectados internet. O pargrafo nico do artigo primeiro da lei n 14.098/05, de autoria do vereador Domingos Dissei (PFL), de uma clareza chocante: “Sites que tenham contedo de sexo, drogas, pornografia, pedofilia, violncia e armamento, dentre outros, a critrio do Executivo, devem ser proibidos”.

A medida discriminatria, ineficaz, segregacionista, alm de ser um entrave a livre circulao de informao. Vejam o texto do Hlio Schwartsman completo no link acima.