Alta completa, curado, espero agora as foras para retomar a velocidade de cruzeiro…

agora desperto me vem a frase de Benjamin (vale conferir o livro “Dialtica do Olhar”, de Susan Buck-Morss, sobre o livro “Passagens” nunca escrito do Benjamin. Pela editora da UFMG, 2002.):

“a monotonia nutrida pelo novo”.