Incluso, Wireless City, Mesh e Open Spectrum

Incluso, Wireless City, Mesh e Open Spectrum

Ainda sobre o evento de ontem gostaria de destacar os conceitos principais das falas dos palestrantes. Algumas idias e conceitos apareceram ontem: emancipao digital, nuvem de conexo, redes mesh e educao aberta. Vou abordar rapidamente podendo no ser muito fiel aos autores.

Gilson Schwartz destacou que o tema “incluso digital”, por seu vis tecnocrtico, deveria ser pensado e substitudo pelo conceito de “emancipao”, algo que politizaria a tecnologia ao invs de tecnologizar a poltica. Shwartz insistiu tambm na “iconomie”, uma economia que leve em conta as representaes icnicas do atual capitalismo.

Srgio Amadeu, foi enftico e defendeu os processos abertas, a luta contra as desigualdades sociais que acarretam desigualdades no uso e nas oportunidades abertas pela rede e, principalmente, da necessidade adotarmos, politicamente, tecnologias, softwares e redes abertas (que uma questo mais de modelos de negcio do que de desenvolvimento tecnolgico). Ele mostrou que a sada a produo de contedo, de redes mesh e da transformao do computador em uma “antena” que permita o compartilhamento de banda e de dados. Mostro no fim desse post alguns sites mostrados para ilustrar.

Nelson Pretto mostrou a falncia da criao de metodologias inovadoras que possam destacar um uso mais criativo, aberto e poltico das novas tecnologias. Pretto destacou a necessidade de uma educao mais aberta para o entendimento do uso das tecnologias pelos jovens e da urgente necessidade de desconstruir telecentros como “salas de aula”. Por fim ele concluiu dizendo que essa questo mais complexa do que o mero aprendizado de uma tcnica e que o debate deve insistir na (re) construo da cidadania plena.

Abaixo repasso alguns links (uns j bastante conhecidos) mostrados ontem pelo Srgio Amadeu em relao a redes sem fio abertas em cidades, a construo de redes mesh e do debates sobre a abertura do espectro de rdio.

Guadawireless e Buenos Aires Libre, redes sem fio livres das cidades de Guadalajara no Mxico e Buenos Aires, Argentina.

O site Open Mesh Net, site para suporte e projetos de construo de redes mesh livres: “This page shall become a platform for projects, knowledge, and experience related to free and open mesh networks. We want to provide informations and services covering everything in the range of technical to social aspects and visions to real-live examples.”

No mesmo esprito temos os sites Open Moko, para produo de softwares e contedos livres para liberar os telefones celulares. “Here, developers and end users alike, can learn about and contribute to building the platform designed to “Free Your Phone”; e o Open Spectrum.Info que abre o debate sobre a liberalizao das ondas de rdio com o advento das tecnologias digitais e da necessidade de o espectro pblico: “Open Spectrum” is based on the realization that technology can reduce or even eliminate the need for governments to micro-manage wireless communication. In different contexts it can be viewed as: an ideal of freedom in the use of radio frequencies; a critique of traditional spectrum management; a possibility arising from new trends in radio design.”